REVOLUÇÃO RUSSA E IMPRENSA NO BRASIL: Um estudo sobre o fazer jornalístico (capítulo)

Co-autor do capítulo “O LIVRO-REPORTAGEM E A REVOLUÇÃO RUSSA: Uma breve análise do livro Os dez dias que abalaram o mundo”

REVOLUÇÃO RUSSA E IMPRENSA NO BRASIL: Um estudo sobre o fazer jornalístico (capítulo)

A Revolução Russa completou 100 anos, em 2017. O centenário do evento que marcou o início do longo século XX é destaque no livro “REVOLUÇÃO RUSSA E IMPRENSA NO BRASIL: Um estudo sobre o fazer jornalístico”, organizado pelos professores Diana Damasceno, Luis Carlos Bittencourt e Maristella Fittipaldi, que reuniu artigos acadêmicos e reportagens produzidos por alunos de jornalismo da Universidade Veiga de Almeida, no Rio de Janeiro.

No capítulo “O LIVRO-REPORTAGEM E A REVOLUÇÃO RUSSA: Uma breve análise do livro Os dez dias que abalaram o mundo“, Bruno De Blasi e Diogo Ferreira realizam um estudo sobre a obra de John Reed, jornalista norte-americano que protagonizou os eventos políticos na Rússia. Além disso, a pesquisa também elencou as definições e conceitos do livro-reportagem e investigou a relação entre o jornalismo e literatura.

O eBook é uma iniciativa do coordenador do curso de Jornalismo da UVA, professor Luis Carlos Bittencourt, a fim de compartilhar o conhecimento construído em sala de aula. O projeto também faz parte do Núcleo de Estudos em Jornalismo da Universidade Veiga de Almeida.

Organização: Diana Damasceno, Luis Carlos Bittencourt e Maristella Fittipaldi
Autores: Bruno De Blasi e Diogo Ferreira
Editora: iVentura
Páginas: 13-26
Formato: eBook (Kindle e PDF)
Link para comprar: Amazon • PDF