Reino Unido dispensa tecnologia de Apple e Google em app de COVID-19