em

Vinte&Um: O iPhone agora é dez

Após rumores, o iPhone X foi anunciado pela Apple, ao lado do iPhone 8, Apple TV e Apple Watch Series 3

Depois de tantos rumores, os iPhones X e 8 estão entre nós. O smartphone foi anunciado em um evento, ontem, no Steve Jobs Theater. Com direito a homenagens ao cofundador, a tarde trouxe inúmeras inovações e trouxe melhorias em outros produtos, como o Apple TV e Apple Watch.

10 anos depois, a Apple apresenta partes do futuro. O “One more thing” do dia trouxe o iPhone X — pronunciado “iPhone Ten”. Sem bordas e sem o icônico botão de início, nos despedimos do habitual. Com gestos no lugar do botão e Face ID, tecnologia de reconhecimento facial para segurança, no lugar do Touch ID, a mudança se tornou possível. Não à toa, a frontal traz, praticamente, a maior parte das inovações. Ela é literalmente uma tela OLED de 5,8 colegas com Super Retina, HDR e True Tone, com uma câmera frontal e sensores que fazem mágica.

Parecendo cena de ficção científica, o True Depth Camera é um sistema que trabalha em conjunto da câmera frontal e outros sensores para que a detecção facial seja eficiente e segura. Dessa maneira, não só há habilidades incríveis, como a percepção de profundidade do rosto e o funcionamento no escuro, como, também, usa e abusa do machine learning. Em outras palavras, o smartphone aprende com a experiência que você dá a ele.

E não para por aí: até os emojis foram incrementados com a tecnologia. Com os Animojis, eles agora são em 3D e podem ser animados de acordo com as feições faciais do usuário e até gravar a sua voz com os gestos para enviar pelo iMessage. Esta é uma prova de que a experiência dos smartphones pode melhorar ainda mais. Tudo isto sai por uma bagatela a partir de US$ 999, com pré-venda a partir de 10 de outubro nos Estados Unidos, nos modelos 64 GB e 256 GB.

Ele também traz coisas em comum dos seus irmãos iPhone 8 e iPhone 8 Plus, apresentados ontem. Feitos de alumínio e vidro, com Wireless Charging, resistência à água e poeira, os três contam com novos sensores de 12 MP, portando novos filtros de cores. Entre os incrementos, o Portrait Lighting é uma forma de melhorar a iluminação no modo retrato, apenas selecionando o seu modo desejado. A opção estará presente no iPhone 8 Plus e iPhone X, entretanto, somente no segundo a tecnologia estará presente na câmera frontal, também. Os preços do iPhone 8 e iPhone 8 Plus serão a partir de US$ 699 e US$ 799, respectivamente, com pré-venda a partir do dia 15, nos modelos 64 GB e 256 GB.

Também teve espaço para a chegada de uma nova Apple TV com suporte a 4K e HDR. Não deixando todas as novidades para o iPhone, a Apple introduziu, também, o Apple Watch Series 3, com suporte a redes móveis e (isso mesmo) ligações pelo relógio. Dessa maneira, não há dúvidas de que o futuro está próximo de filmes futuristas e de ficção científica, trazendo até o jargão que imperou na internet: isso é muito Black Mirror.

Bruno De Blasi é editor da Vinte&Um e estudante de Jornalismo.

Publicado no dia 13 de setembro de 2017 na revista Vinte&Um.