Em defesa da pesquisa científica brasileira

As bolsas do CNPq correm perigo, de novo. Com o risco de apagão fiscal, o governo está dando fim a gastos desnecessários, em prol de outros desnecessários. Nessa leva, 100 mil bolsas podem ser cortadas, este ano. De acordo com o jornal O Globo, há orçamento para pagar as bolsas até setembro. Desse mês em diante, não se sabe o que pode acontecer. Kassab diz que é bem provável que não aconteçam os cortes, relembrando o ano passado, quando a situação chegou ao mesmo nível e houve um repasse de imediato. Porém, com a queda na arrecadação, a situação de hoje pode ser pior que a do ano passado. O mistério permanece no ar. Continuar lendo